sábado, 1 de maio de 2010

Fórum de Ensino de Leitura

Fazer poético-musical: a reciclagem e a consciência planetária
Promoção: Teia de textos



Nossa trupe presenciou uma manifestação artística-educacional muito interessante.

O evento ocorreu no último dia 30 de abril/2010 na Faculdade de Letras da UFMG.


Os expositores do evento foram:
- Jamil Alves da Silva Toledo
   Artesão; Compositor; Dançarino; Arte-Educador
- Salim de Sá
   Artesão; Arte-Educador; Construtor de instrumentos musicais com material reciclado

E a debatedora:
- Lucinéia Toledo
   Mestre em Educação; Educadora; Psicóloga; Integrante da Associação Cultural Teia de Textos

Para ilustrar o sentimento, em comum de três (Geórgia Kelly, Patrícia Ester e Dalila Pereira) utilizamos, aqui, a passagem de uma música que foi citada na finalização do fórum:

E que a arte nos aponte uma resposta.
E que ninguém a tente complicar, por que é preciso simplicidade para fazê-la florescer...
_Oswaldo Montenegro

 


Uma palinha do que vimos:

3 comentários:

Patrícia Ester disse...

Associando Paulo Freire às leituras que o fórum me permitiu fazer, "a leitura do mundo precede a leitura da palavra, daí que a posterior leitura desta não pode prescindir da continuidade da leitura daquele. A palavra que eu digo sai do mundo que estou lendo, mas a palavra que sai do mundo que eu estou lendo vai além dele. (...) Se for capaz de escrever minha palavra estarei, de certa forma transformando o mundo. O ato de ler o mundo implica uma leitura dentro e fora de mim. Implica na relação que eu tenho com esse mundo."

Geórgia Kelly disse...

É isso mesmo Patrícia!
Obrigada pelo comentário.
É um prazer muito grande tê-la com um membro de nossa triceria.

Beijos,
Geórgia Kelly

Dalila Pereira disse...

Entendo que precisamos aprender a todo tempo, procurar estar sempre ao lado de pessoas que transmitam algum tipo de sabedoria, nao necessariamente as complexas, mas as mais simples...